Agora lendo: Streaming | A surpreendente estreia do indicado ao Oscar Ficção Americana passou despercebida na plataforma Prime Video

Carregando
svg
Abrir

Streaming | A surpreendente estreia do indicado ao Oscar Ficção Americana passou despercebida na plataforma Prime Video

fevereiro 28, 20244 Min. de Leitura


Já faz um tempo que todo mundo estava aguardando ansiosamente pelo lançamento do último filme concorrente ao Oscar de melhor filme. E agora, o filme Ficção Americana foi discretamente lançado na Prime Video. Sinceramente, parecia que estavam tentando esconder o filme, rsrs. Coisas do mundo do streaming! De qualquer forma, Ficção Americana tem uma trama muito interessante que vai prender sua atenção.

O filme é uma adaptação do livro “Erasure” de Percival Everett. Nesta história, Monk é um escritor negro brilhante, mas seus livros não são populares porque ele se recusa a retratar sua raça de maneira estereotipada em seu trabalho. Pressionado por seu editor a criar uma obra comercial, ele escreve uma história repleta de preconceitos como uma piada. Porém, o livro se torna um best-seller da noite para o dia. Com dinheiro entrando em sua conta, mas com culpa em sua consciência, Monk é obrigado a assumir um personagem do gueto para manter a farsa.

Minha opinião

Ficção Americana está concorrendo a cinco Oscars: Melhor Filme, Melhor Ator (Jeffrey Wright), Melhor Ator Coadjuvante (Sterling K. Brown), Melhor Roteiro Adaptado e Melhor Trilha Sonora. Sua única chance real está na categoria de Melhor Roteiro. Já ganhou o BAFTA, o Critics Choice e o prêmio do público no Festival de Toronto. Gosto muito da forma como o roteiro se desenvolve, especialmente nos momentos mais divertidos, quando Monk não consegue acreditar que todos gostam de seu livro que foi escrito como uma piada. É na parte da sátira que as coisas se tornam mais eficazes, especialmente na maneira como os brancos acham ótimo todos os estereótipos que Monk coloca em seu livro-piada.

E o elenco?

Quase todo o elenco é excelente. John Ortiz, interpretando o agente (adorei sua comparação com o uísque), Tracee Ellis Ross como a irmã (pena que seu papel é pequeno) e especialmente Sterling K. Brown como o irmão. Adoro ver atores saindo de sua zona de conforto e interpretando papéis diferentes dos quais estamos acostumados a vê-los. E aqui chegamos ao que considero o grande problema do filme, seu protagonista, Jeffrey Wright.

Ele já recebeu prêmios (foi o melhor ator no Spirit Awards), mas na minha opinião, ele sempre interpreta seus personagens da mesma maneira. Basta comparar o Tenente Gordon em Batman, Bernard em Westworld ou Felix nos filmes de James Bond. Não consigo vê-lo como um bom ator – mesmo que seu estilo se encaixe no personagem. E ainda mais difícil de acreditar que ele está concorrendo ao Oscar quando Leonardo Di Caprio foi deixado de fora por Assassinos da Lua das Flores. Quanto ao filme em si, também não estaria em minha lista dos melhores do ano. É decente, bem-feito e tem um ótimo roteiro (o que é raro nos dias de hoje). Mas não seria o meu indicado para o Oscar.


Nosso blog Geek.etc é o refúgio perfeito para todos os aficionados por cinema, anime, seriados e muito mais!
Fotos: Reprodução, Divulgação, bloghollywood, Google

Qual seu voto?

0 People voted this article. 0 Upvotes - 0 Downvotes.
Tags:#Streaming,
svg

O que você acha?

Mostrar comentários / Deixe um comentário

Leave a reply

svg