Agora lendo: Reescrevendo o título: A criação de um mundo futurista pós-apocalíptico cheio de estilo.

Carregando
svg
Abrir

Reescrevendo o título: A criação de um mundo futurista pós-apocalíptico cheio de estilo.

abril 8, 202414 Min. de Leitura

Stellar Blade está quase chegando ao PS5. Talvez você já tenha experimentado a aventura de ação com a demo recentemente lançada, onde Eve, membro do 7º Esquadrão Aéreo, é enviada para uma missão na Terra para combater os misteriosos e malignos Naytiba e salvar a humanidade. Se você já jogou a demonstração, já conheceu algumas das mecânicas e do combate do jogo, bem como sua história e design de criaturas. Para descobrir mais, entrevistamos o diretor do Stellar Blade, Kim Hyung Tae (também fundador do estúdio Shift Up, responsável por Stellar Blade), e o diretor técnico, Lee Dong Gi, para conhecer mais sobre a história do estúdio, a inspiração por trás do jogo e muito mais.

O diretor de Stellar Blade, Kim Hyung Tae (esquerda), e o diretor técnico, Lee Dong Gi (direita) da Shift Up

Tudo começou com a paixão em criar jogos de ação para consoles de videogame

: Como surgiu a ideia de desenvolver Stellar Blade, considerando que é um título novo?

Kim Hyung Tae (Kim): Há cerca de cinco anos, estávamos discutindo qual jogo para celular deveríamos lançar após o Destiny’s Child. Inicialmente, planejávamos criar Goddess of Victory: Nikke como uma duologia para plataformas Android e iOS. Foi durante esse processo que surgiu a vontade de desenvolver um jogo para consoles. Como sou um grande fã de consoles de videogame e sempre tive o desejo de criar jogos de ação para eles, essa ideia atraiu outros membros com a mesma paixão e, assim, surgiu a ideia de criar o Stellar Blade.

Este é o primeiro título da Shift Up para consoles de videogame. Vocês enfrentaram algum desafio ou problema novo?

Acredito que seja realista pensar que nossos fãs não se sentiriam satisfeitos se perdoassem apenas por este ser nosso primeiro título para consoles. Portanto, nos esforçamos para manter os mesmos padrões e garantir que o Stellar Blade esteja à altura dos melhores jogos em termos de qualidade.

Nos conte um pouco sobre o tema e o conceito do Stellar Blade.

O tema que escolhi para o Stellar Blade é a humanidade. A história aborda o que nos torna humanos e o que nos define como tal, é um tema bastante universal. A ideia surgiu quando eu testemunhei uma greve de motoristas de táxi.

A greve começou quando a tecnologia de carros autônomos avançou, sugerindo que no futuro esses veículos pudessem substituir os motoristas de táxi. Isso causou muito medo entre eles, que temiam perder seus empregos para a tecnologia. Enquanto acompanhava essa greve, comecei a me perguntar como reagiria se um dia os humanos fossem completamente substituídos por algo não humano. Foi assim que surgiu o tema do Stellar Blade. No entanto, o foco do jogo não está apenas nesse ponto; tentamos criar um jogo de ação e aventura que os jogadores possam aproveitar enquanto acompanham a história de Eve.

O estilo sci-fi dos anos 80 e 90 reimaginado no Stellar Blade

A história se passa na Terra, que foi atacada por criaturas desconhecidas. Pode nos contar mais sobre o planeta abandonado?

Criamos o jogo para que a história da Terra desolada seja revelada conforme o jogo progride. A história começa após o planeta ter sido devastado por criaturas misteriosas chamadas Naytiba, quase levando a raça humana à beira da extinção e obrigando os sobreviventes a fugir para uma colônia espacial. Sentindo-se derrotados e cansados da vida no espaço, os humanos decidem lutar contra os Naytiba para retomar sua Terra natal. Conforme os jogadores avançam no jogo, eles descobrirão a história e os incidentes que levaram à destruição da Terra. Eve, a protagonista, terá que tomar uma decisão e cabe ao jogador determinar seu destino.

Não se sabe o que são os Naytiba, de onde vieram ou o que querem. É aí que entra Eve: ela deve desvendar o mistério por trás dessas criaturas desconhecidas.

Desde a última cidade restante na Terra, Xion, até as terras desoladas e o grande deserto, que atenção especial e considerações foram dadas ao design deste mundo pós-apocalíptico?

O gênero pós-apocalíptico é tão comum na indústria dos jogos que queríamos evitar a monotonia e criar um mundo pós-apocalíptico único para o Stellar Blade. Embora quiséssemos que fosse diferente, também evitamos torná-lo exagerado ou incluir elementos bizarros desnecessários. Decidimos que seria melhor reimaginar elementos de ficção científica dos anos 80 e 90 para o Stellar Blade.

Cada pessoa tem sua própria visão de como seria um mundo pós-apocalíptico com base em sua imaginação ou nas coisas que viram em filmes e TV. Tenho certeza de que os jogadores apreciarão os detalhes e a atenção que dedicamos ao mundo pós-apocalíptico do Stellar Blade, tornando-o vívido e realista. No entanto, para os jogadores mais jovens, nossa versão de um mundo pós-apocalíptico pode parecer bastante inusitada.

Você se inspirou em algum filme específico?

Vários filmes nos inspiraram em termos de tema e design, mas um que se destacou foi o mangá de ficção científica Gunnm, de Yukito Kishiro. Esse mangá foi adaptado para o filme de ação Alita: Battle Angel, lançado em 2019. Fomos muito inspirados por esse filme.

O contraste entre a Terra destruída e Eve, vinda do espaço

Vamos falar sobre a personagem principal, Eve. Nos conte sobre o conceito e o design por trás de sua criação.

Kim: Eve é uma membro do Esquadrão Aéreo que é enviada da colônia espacial para a Terra. Apesar de ser uma soldada experiente, há uma separação cultural entre o lugar de onde ela veio e a Terra. Por isso, quisemos que o design de Eve refletisse essa diferença. Olhe para a atmosfera da Terra. Ela está morta, seca. As cidades estão em ruínas. Isso contrasta com a atleticidade e a fluidez de Eve.

E quanto aos outros personagens humanos? Que atenção foi dada ao design deles?

A maioria dos personagens são ciborgues. Para o design desses personagens, ajustamos para refletir a tecnologia disponível. Enquanto Eve e seus companheiros do Esquadrão Aéreo têm um visual sofisticado, mas simples, os sobreviventes da Terra, que vivem em um ambiente hostil, têm um visual minimalista. Embora os sobreviventes de Xion se refiram a Eve como “Anjo”, isso também se deve à inveja deles em relação ao acesso dela a máquinas e tecnologia extravagante.

Quanto aos malignos Naytiba, eles têm várias formas, tanto biológicas quanto mecânicas. Fale sobre o design deles.

Procuramos criar visuais repulsivos e aterrorizantes para os Naytiba. Alguns deles não têm olhos ou possuem partes extras do corpo, como um rosto em um local inusitado, causando uma sensação de inquietação. Alguns Naytiba se misturam com humanos e máquinas, tornando sua aparência bastante diversa.

Um jogo de ação desafiador e divertido para todos

A ação estilosa é um dos elementos-chave do Stellar Blade. Nos conte o que vocês fizeram para alcançar essa ação estilosa e quais são os pontos fortes do jogo.

Criamos o jogo para que todos possam curtir a ação no Stellar Blade. No entanto, não queríamos que fosse apenas um jogo no qual os jogadores atacassem os inimigos em combos agressivos. É importante observar de perto os movimentos dos inimigos e aprender o ritmo do combate para responder adequadamente. Você pode aprender habilidades na árvore de habilidades, mas também há equipamentos, como Exospine e Gear, que aumentam ainda mais o seu poder. Cada tipo de equipamento tem sua função, e os jogadores devem escolher seu estilo de combate com base na velocidade, agressividade ou defesa contra ataques inimigos.

A dificuldade do jogo é alta até certo ponto. Os jogadores podem se encontrar repetindo as lutas contra chefes várias vezes para derrotá-los. A dificuldade pode ser ajustada durante o jogo, então recomendo que os jogadores se desafiem em um nível em que se sintam confortáveis. Para os novatos em jogos de ação, há a opção de Assistência de Ação no Modo História, que recomendo que usem.

Como exatamente funciona essa opção de Assistência de Ação?

Por exemplo, em momentos cruciais, nos quais é necessário entender os movimentos e os golpes de um chefe para contra-atacar, o jogo desacelera, tornando mais fácil atacar. Ao usar determinadas interfaces de usuário, o cronograma correto para bloquear ou esquivar será mostrado, facilitando o contra-ataque. Essa função torna o jogo mais acessível para aqueles que normalmente não gostam de jogos de ação. Após concluir o jogo, os jogadores terão acesso ao Modo Difícil.

Stellar Blade aproveita algumas das funções exclusivas do console PS5, como gatilhos adaptáveis e resposta tátil. Que tipo de experiência os jogadores podem esperar?

Lee Dong Gi (Lee): Aproveitamos essas funções para aumentar a imersão. Em certas cenas, a resposta tátil permite que os jogadores sintam a atmosfera ao redor dos personagens. No início do jogo, há uma cena com um drone na qual os jogadores podem experimentar todo o potencial do PS5. Além disso, incorporamos diferentes níveis de resistência nos gatilhos adaptáveis, dependendo do tipo de arma usado.

Existe alguma informação que não perguntamos hoje e que você gostaria que os jogadores soubessem?

Kim: Acredito que a taxa de quadros por segundo é um dos fatores mais importantes nos jogos de ação. O Stellar Blade oferece três modos: Modo de Desempenho, Modo Equilibrado e Modo de Resolução. O Modo de Desempenho suporta gameplay de até 1440p e 60fps, enquanto o Modo Equilibrado alcança entre 50 e 60 fps em resolução 4K.

Lee: O Modo de Resolução alcança 30fps em resolução 4K. Recomendo muito esse modo para aqueles que desejam apreciar os belíssimos gráficos. Esperamos que todos escolham o modo que maximize sua experiência.


Nosso blog Geek.etc é como um verdadeiro jogador de Playstation no universo online, encantado pelas infinitas possibilidades e adrenalina que esse mundo virtual nos proporciona.
Fotos por: Divulgação, Playstation Blog

Qual seu voto?

0 People voted this article. 0 Upvotes - 0 Downvotes.
svg

O que você acha?

Mostrar comentários / Deixe um comentário

Leave a reply

svg