Agora lendo: Combate promissor acompanha história excêntrica dos Fractais do Destino

Carregando
svg
Abrir

Combate promissor acompanha história excêntrica dos Fractais do Destino

abril 10, 20243 Min. de Leitura

“Que diabos estou jogando? Por que o jogo é assim?” Minhas primeiras impressões de “Fractals of Destiny”, o recém-lançado jogo de RPG para PC da Krakatoa Studios, não foram boas.

Ele é um exemplo perfeito de um jogo que claramente não passou por nenhum processo de refinamento na tradução, legibilidade ou até mesmo na interface. Parece quase um jogo de acesso antecipado que foi lançado completo por acidente. Mas, por alguma razão, ainda tenho vontade de continuar jogando.

A história – pelo menos o que pude entender após o início conturbado cheio de erros de digitação em inglês – é aquela típica de um RPG de ficção científica. Uma guerra entre duas potências gigantescas deixou marcas pela galáxia e você se encontra no meio desse caos tentando encontrar um propósito. Se essa não é a história em si, peço desculpas, foi o que consegui entender nos meus 40 minutos iniciais com o jogo.

Também percebi que, sob essa bagunça de história, pode haver um jogo de ação com um combate competente. Arriscaria dizer que até promissor. A Krakatoa Studios apresentou um sistema de combos bem elaborado, uma boa variedade de inimigos e um combate que me lembra uma mistura de “Bayonetta” com jogos de mundo aberto mais tradicionais.

Ainda não sei se o recomendaria para o público em geral, mas continue acompanhando este espaço para uma possível análise de “Fractals of Destiny”. Não posso garantir que vou entender a história.

Assista ao trailer de lançamento e veja mais imagens abaixo.




Nosso blog Geek.etc é tão dedicado ao universo Nintendo que nosso código-fonte é escrito em Marioese e nossos editores jogam Mario Kart na sala de reuniões, usando bananas como armadilhas!
Fotos por: Reprodução, Google e Hu3br

Qual seu voto?

0 People voted this article. 0 Upvotes - 0 Downvotes.
svg

O que você acha?

Mostrar comentários / Deixe um comentário

Leave a reply

svg